segunda-feira, novembro 14

A QUESTÃO DOS FERIADOS!

Uma lista de feriados religiosos e civis a remover
com votação a decorrer online.
Certamente será irrelevante o que pensam os leitores mas...
eu votei obviamente para abolir aquele que é para mim uma ignomínia e o que menos sentido faz celebrar em Portugal...
senão for pela caracteristica fracturante...
que o seja pelos numeros daqueles
que o "celebram"...
de ano para ano são cada vez menos.
AQUI
Quem por outro lado quiser votar em aumentar o numero de feriados a curtir...
pode fazê-lo AQUI.
.

8 comentários:

mWo disse...

Sabes o que festejo no 5 de Outubro editor? O aniversário da minha namorada! LOL
Sinceramente, não me diz nada a "ImplantaÇão da República"...

Bcool973 disse...

Que tu não concordes com o regime vigente, estás no teu direito, que o próprio regime esteja disposto a dar uma facada na história (restauração da independência e implantação da república) já me parece que é a consequência de termos políticos de merda em vez de estadistas. Mais ainda, tu que celebras no 5 de Outubro a criação de Portugal, parecer-me-ia que defendesses que o festejarem esse feriado o fizessem pelos dois motivos e não só pelo que não gostas, mas é como tudo, não se pode esperar imparcialidade dde quem não o é. Grave é que um país sem memória, é um país sem história e não vejo os outros países a abdicarem disso. Já agora, sendo Portugal um estado laico, porque razão temos tantos feriados religiosos sendo que a maioria nada dizem à população

Bcool973 disse...

PS - o regime republicano é tudo menos uma questão fracturante com excepção da escassa minoria (se calhar nem 10 % da população) monárquica

editor69 disse...

Bcool973...
diz tu que são 10%...em que fontes te baseias?
Espero que não seja na fonte da telha ;)
Concordo com a questão dos feriados religiosos.
Mas tb gostava de ver essa laicidade toda a soltar a franga (laica) na quadra natalicia...ou na Páscoa.

Abraços.

PS:Sim o 5 de Outubro celebro-o sim pelo tratado de Zamora...
mas se puder não festejar o 5 de Outubro maçon...
já é uma pequena vitória sobre Soares...Afonsos Costas e Sampaios desta vida.

Bcool973 disse...

decidi ampliar significativamente a votação do ppm para obter os 10%, caso contrário falava dos 3 ou 4 % se é que alguma vez tiveram essa expressão. A mim, a Páscoa e o Natal, não me fazem diferença, pois não sou católico, apesar da minha formação católica. Concedo que à generalidade da população façam, pois há muita gente que só vai à igreja/procissões no natal, páscoa e dia de todos os santos. Só por curiosidade, porque motivo há pessoas que pelo seu nascimento têm direito a ser chefes de estado ? Não achas que os D. Sebastiões do nosso país, para não citar outros muito mal nos fizeram, tipo D. João III ?

editor69 disse...

Do PPM?...
Eu NUNCA votei PPM.
Que tem o PPM com o facto de uma pessoa ser monárquica?
O PS tem nos seus estatutos partidários ser repúblicano.
São todos os repúblicanos do PS?
E os "marimbistas"?...Serão do PS ou do PPM?
Prefiro citar os Salazares...ou Afonsos Costas...são mais recentes no mal que fizeram ao país.
Direitos por nascimento?...
E que tal direitos por favores como tanto se vê hoje em dia a toda a hora?

Bcool973 disse...

tanto quanto eu saiba, o PPM é o único partido que defende a causa monárquica, mas se calhar é ignorância minha. Ao contrário do Afonso Costa, muitos dos apoiantes iniciais do Salazar eram monárquicos, pois reconheciam nele o contrário dos afonsos costas. Numa república qualquer pessoa pode-se candidatar a presidente desde que tenha mais de 35 anos. Numa monarquia, só uma casta, só um grupo de famílias, que tiveram durante séculos o condão de casar consanguinamente com os efeitos daí conhecidos, tem direito a aspirar a ser chefe de estado. Pelos vistos defendes isso, estás no teu direito. Quanto ao D. João III instituíu em Portugal a inquisição (não a introduziu, temos que agradecer a introdução ao D. Manuel I), expulsando os judeus que levaram o conhecimento e tecnologia para os países baixos, marcando definitivamente o nosso atraso tecnológico. Nem culpo a ostentação dos monarcas que queriam mostrar-se aos seus primos europeus, eram simplórios, culpo a ignorância desses regentes que eram beatos e cuja intolerância nos condenaram ao atraso endémico. Mas deixemos discussões de regime, que importante é mesmo o Benfica. Um abraço

editor69 disse...

Tu acreditas mesmo que me estás a ensinar algo de novo no que à introdução da inquisição de consaguinidade ou outras coisas que podes falar em relação à idade média e afins?.
Man quero uma monarquia democrática e moderna...não quero viver no século XVIII...gosto demasiado de drogas e de curtir à noite em discos.
Até porque a nossa monarquia (quase) sempre o foi...democrática...mesmo no periodo chamado absoluto...tinha sim...caracteristicas inerentes à epoca...tens certamente de ver as coisas à distancia do tempo e dos factos...se até na muito moderna república americana ou francesa era aceitável em determinado periodo deter escravos qdo em Portugal já não.
Tenta lá tu qdo tiveres (se é que já não tens) 35 anos candidatar te à presidencia (fosse só isso como facto importante) a ver se consegues...se simploriamente acreditas nisso.
Também conheço a "questão monárquica" durante o estado novo...obrigado.
Gosto de ler e de me informar.
Enfim poderiamos estar aqui eternamente a dirimir argumentos...tu gostas de preto...eu de branco....e vermelho.

Hasta