domingo, maio 12

DE RASTOS

Perdi o jogo.
Perdi (quase certo) o campeonato.
Perdi os óculos.
Levei uma carga de bastonadas.
Fiquei sem alma.
Estou emocionalmente de rastos.
Faria tudo de novo.

6 comentários:

Benfiquista Tripeiro disse...

É isso companheiro. Estive lá, tive de suportar levar abraços e beijos daqueles caralhos no fim do jogo, para não levar na boca. Um bravo atrás de mim não foi tão frio, festejou o golo do Lima, apanhou e teve de sair ao intervalo. Perto, muito perto do céu, a descida ao inferno foi implacável, quase nem tive forças para sair do estádio, valeram-me dois amigos andrades para me ajudar a caminhar. Terrível.

Boa sorte na quarta-feira. Infelizmente não posso ir, não consegui bilhete. Traz a taça. Caralho, traz a taça.

Pedro disse...

Bastonadas pq? Q se passou?

Boa viagem!!!
CARREGA

editor69 disse...

Passou se o que se passa sempre. Bófia cheia de tesãozinha.

Benfiquista Tripeiro disse...

Até nos andrades carregaram, cá fora. Impressionante.

Meneldor disse...

Ontem vi o jogo numa Casa do Benfica a cerca de 30km do Porto.
Um ambiente fantástico; canta-se como se se estivesse no estádio.

A casa a rebentar pelas costuras, no interior e na esplanada não cabia nem mais uma agulha!
Depois do golo do Lima o responsável teve de pedir para o pessoal se conter e não saltar, por motivos de segurança, senão teriam de pôr pessoas na rua.

Nos descontos, e quando já todos ficavam satisfeitos com o empate (do mal o menos), veio o balde de água fria.
Foi um silêncio ensurdecedor.

Fiquei de tal modo que quando cheguei a casa não falei para ninguém e ninguém falou comigo.

Isto tudo para dizer como me revejo na tua frase: "Faria tudo de novo".
A tristeza e a dor invadiram-me mas o Benfica é maior que tudo isso!

Força Editor para Amsterdam.

Abraço.

POC disse...

Abraço.